Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


A melhor mira técnica do mundo

por Alda Telles, em 10.03.11

É a da Al Jazeera Children Channel, que prepara a edição em língua inglesa para ser lançada no mercado americano em 2012. É considerada uma das melhores redes de edutainment, partilhando os valores dos serviços públicos da BBC e da PBS no que respeita a programação infantil.


E vale a pena ver esta delícia de mira técnica:


 



 


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Eight Little Parties

por Alda Telles, em 03.03.11

 


Oito pequenos partidos exigem alterações à lei do financiamento para evitar extinção por "asfixia financeira".


 


Este take da Lusa diz-nos que oito partidos apelam a uma petição com pelo menos 4 mil assinaturas para poderem sobreviver. Ou seja, esperam ter quatro vezes mais peticionários que o seu número de militantes (estou a inventar, mas não devo andar longe).


 


Com o êxito das petições on-line e das manifestações nas redes sociais, porque é que estes pequenos partidos não se tornam grupos do Facebook e vão crescendo por lá ?


 


(O título deste post foi inspirado na minha novela preferida de Agatha Christie, originalmente titulado "Ten Little Niggers". Foi depois substituído pelo "mais politicamente correcto "Ten Little Indians". Supõe que os indianos, não sendo tão exóticos, são mais tolerantes?)


 


Autoria e outros dados (tags, etc)

Estamos aborrecidos... e a publicidade também

por Alda Telles, em 02.03.11


Para comemorar a sua 300ª edição, L' Echo des Savanes teve um convidado especial, o guru da publicidade e vice-presidente do Grupo Havas, Jacques Séguéla.


 


Da entrevista, que pode ser aqui lida na íntegra (em francês), destaco esta frase: "90 por cento dos franceses considera a publicidade aborrecida. E têm razão. Porquê? Porque a publicidade é apenas um reflexo da sociedade; quando a sociedade está aborrecida e preocupada, os anúncios evocam essas mesmas emoções. Este é o barómetro para a indústria".


 


Esta é provavelmente uma das razões para que o anúncio da Nissan Brasil, postado aqui, não pudesse ter sido feito na Europa...


 



Autoria e outros dados (tags, etc)

Provocar compensa

por Alda Telles, em 01.03.11

 



 


 


Este filme é o mais recente da Nissan Brasil para o modelo Tiida e provoca directamente a Ford: "O luxo todo que eu tenho é do dinheiro de vocês. Pagando preço 1.8 por um carro 1.6."A mensagem da campanha é que o carro da Nissan é cerca de R$ 3 mil mais barato que o modelo semelhante da Ford.


 


A Ford não gostou e já recorreu ao Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) para suspender a nova campanha. A Nissan argumenta que a comparação é positiva e visa informar o consumidor com humor.


 


Pelos vistos, a estratégia de marketing de guerilha funciona. Desde que iniciou esta linha de comunicação, o ano passado, a Nissan Brasil tem ganho pontos à concorrência, com as vendas a crescerem 72 por cento, de acordo com a Exame Brasil.


 


 


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 2/2



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D