Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Más ideias

por Alda Telles, em 16.11.10


 


A ideia não é nova, há vida para além do PIB ("para além do défice", na versão lusa).


Depois de Sarkozy se ter interessado em 2008 pelo tema, o relatório Stiglitz/Sen diz-nos que há que medir sistematicamente o bem-estar das pessoas e das sociedades como parte de um sistema de contabilidade alargado.


Agora foi a vez do governo britânico, que decidiu criar o seu próprio índice de felicidade do país.


Se a ideia se alastrar à União Europeia, e os países começarem a ser analisados pela conjugação da economia com o bem-estar, Portugal cairá, redondamente, ainda mais para o fim da tabela.


No país do copo eternamente meio-vazio, só ficamos à frente da Ucrânia e da Bulgária.


Estarão os mercados a olhar também para isto? Não será a altura de incluir o Prozac no Plano Nacional de Medicação obrigatória?

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D