Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Down the Rabbit Hole

por Alda Telles, em 12.02.11


 


Contrariamente ao Coelho da Alice, Pedro Passos é demorado. É claro que o seu partido é o mais partido de todos, incluindo os sub-partidos dos seus apoiantes. Mas a resposta à provocação do Bloco não podia oferecer, desde o seu anúncio, quaisquer dúvidas quanto à posição do PSD. Não é preciso esperar pelo texto da moção para saber que ele será invotável pela direita.


Se Passos Coelho tivesse, logo em Paris, respondido que estava fora de questão que o maior partido da oposição ponderasse sequer uma moção oportunista e desperada, não teria de se desdobrar em sms com roaming e muito menos dar espaço às diversas tribos do PSD para animarem e desanimarem as hostes sedentas, babosas e vorazes. E abrir um enorme rabbit hole onde toda a loucura é permitida.


Há momentos em que um líder tem de ser anti-democrático. Este é um deles. Há momentos em que as rosas brancas têm mesmo de ser pintadas de vermelho. Ou laranja.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D