Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Ensaio descentrado

por Alda Telles, em 15.02.11


 


Interessante ensaio de Alfredo Barroso hoje no i sobre a terceira via e os perigos do centrão para a qualidade da democracia e o rejuvenescimento do pensamento político. Uma lúcida, porém quixotesca, esgrima contra a profissionalização dos políticos e a auto-reprodução das oligarquias partidárias.


 


Erradamente, o "gancho" do ensaio foca-se em José Lello, virulentemente usado como o paradigma do apparatchik. Erradamente, porque o alcance da reflexão é muito mais vasto e extravasa o próprio Partido Socialista, mas, sobretudo, porque usa como contraponto Manuel Alegre e Manuel Maria Carrilho. Duas figuras apavonadas cuja existência e sobrevivência política, já foi repetidamente demonstrado, depende exclusivamente do espaço que o partido sempre lhes condescendeu.

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Sem imagem de perfil

Sara a 15.02.2011

Parabéns pelo destaque :)
Sem imagem de perfil

atelles a 16.02.2011

É bom :)
Sem imagem de perfil

Anónimo a 16.02.2011

De: Anónimo - a 16.02.2011 em http://luminaria.blogs.sapo.pt/

É um ensaio pertinente ... no seguimento do que H.Neto, M.Carrilho, AnaGomes, J.Seguro, R.Namorado, ... e vários outros (menos 'cientificamente' e mais 'práticos') já tinham observado (em entrevistas, posts, comentários, conversas entre 'pares'...).

É pena não ser suficiente para despoletar uma ''Revolução Jasmim'' na política partidária portuguesa
(e nos seus correlativos ''aproveitadores independentes'', nepotistas, académicos, juristas, empresários, administradores, ''opinion makers'', jornalistas vendidos, e militantes da carneirada iliterata...) .

Realmente o ''dominó de figurões'' está mesmo a precisar de um empurrão... -- quem oferece o corpo à gasolina e aos cassetetes...?

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D